Quinta-feira, 3 de Janeiro de 2013

As passas estavam maradas

O Governo mandou abrir um inquérito para tentar apurar em que mercearia Maria e Aníbal compraram as passas deste ano. A mensagem presidencial de dia 1 de Janeiro só pode ter uma explicação: "as passas que ele comeu à meia-noite estavam maradas. Só pode!", disse fonte do Governo, que preferiu o anonimato, ao Elevador da Bica. 

O inquérito para apurar quem foi o vendedor das passas que deram a volta à cabeça de Cavaco está a decorrer com urgência. O Elevador da Bica sabe que já há equipas especiais da ASAE preparadas para intervir assim que for identificado o autor moral deste episódio e admitem "selar e mandar fechar a mercearia em causa". 

Nos corredores de São Bento a estupefacção é geral. Fontes próximas de Passos Coelho confessaram ao EdB que está também a ser feito "um rastreio a todas as smart-shops das redondezas da Travessa do Possolo". A hipótese de as passas terem sido adquiridas numa smart-shop não está, assim, excluída. Fontes do PSD adiantam que este discurso presidencial contribuiu bastante para que a bancada laranja apressasse as propostas legislativas para apertar a fiscalização ao que se vende (e a quem) nas  smart-shops. 

Um especialista em consumo de cogumelos mágicos ouvido pelo EdB afirma que "se o mano consumiu passas da smart-shop, nem precisou de ter engolido as doze, bastaram umas quatro ou cinco para ter ficado a alucinar!" 

 

 

publicado por Ana Catarina Santos às 11:48
link do post | comentar | favorito

apresentação

Tudo o que sobe também desce

Conheça a história do ascensor aqui.

autores

pesquisar

posts recentes

Manifesto da demissão do ...

Marca registada

Stôra

O fim da coligação, segun...

Pergunta remodelada

...un portugués

Contas para meter medo

O homem do dia

Como Alemanha e Portugal ...

Uma demissão exemplar...

arquivos

links

subscrever feeds