Quarta-feira, 20 de Março de 2013

Amigos Chineses, Portugal ama-vos!



Lisboa, 18 de Março de 2013



Sua Excelência

Li Keqiang

Primeiro-Ministro do Conselho de Estado

da República Popular da China



Excelência,



Quero em nome do Governo de Portugal no meu próprio apresentar a Vossa Excelência sinceras felicitações pela sua eleição para o cargo de Primeiro-Ministro da República Popular da China formulando os votos de maiores êxitos para o mandato que agora vai iniciar.


Em poucas décadas a China tem operado transformações de enorme alcance a uma velocidade inédita. Os resultados positivos desta transformação são o maior testemunho da capacidade do Povo chinês e dos seus líderes que, num breve espaço de tempo, quiseram e souberam modernizar seu país e promover sua prosperidade coletiva.


Os trabalhos do Congresso Nacional Popular, que agora terminaram, indicaram de forma clara e consensual as grandes orientações programáticas colectivas os seus objetivos fundamentais. Entre elas contam-se importantes medidas socializantes visando o bem-estar dos cidadãos, a criação de emprego, o robustecimento das redes de segurança social e ainda o fortalecimento da economia.


O processo de modernização em curso na China tem tido um efeito muito positivo nas nossas relações bilaterais abrindo novas vias de diversificação e de aprofundamento numa interação mutuamente benéfica e equilibrada.

 

Nos últimos anos, assistiu-se efetivamente ao reforço da colaboração entre Portugal e a China, à crescente penetração comercial das nossas respectivas empresas e a um diálogo cada vez mais frutífero. Acresce que os investimentos chineses têm singularizado Portugal como parceiro privilegiado de Pequim, potenciado novas oportunidades, quer nos nossos respetivos países, quer através de parcerias, em países terceiros.


Logrou-se, acima de tudo, um grande despertar, tanto em Portugal como na China, para o potencial das nossas relações que hoje progridem por novos domínios como a colaboração científica e a inovação tecnológica, atestando sua modernidade dinamismo.


Tenho a convicção de que os contactos de alto nível continuarão desempenhar um papel importante no desenvolvimento da nossa amizade cooperação. Nesse sentido, aproveitaria esta ocasião para renovar o convite efectuado por carta de 27 Junho passado colocando-me à disposição de Vossa Excelência para o receber em Portugal e reiterar minha disponibilidade para efetuar uma deslocação a Pequim num momento que seja considerado oportuno.


Aproveito a oportunidade para renovar a Vossa Excelência a expressão da minha elevada estima e consideração.



Pedro Passos Coelho




publicado por Ana Catarina Santos às 13:56
link do post | comentar | favorito

apresentação

Tudo o que sobe também desce

Conheça a história do ascensor aqui.

autores

pesquisar

posts recentes

Manifesto da demissão do ...

Marca registada

Stôra

O fim da coligação, segun...

Pergunta remodelada

...un portugués

Contas para meter medo

O homem do dia

Como Alemanha e Portugal ...

Uma demissão exemplar...

arquivos

links

subscrever feeds